domingo, 20 de setembro de 2009

Filé Saint Peter Grelhado e Risoto de Abobrinha

Seguindo o meu propósito de gostar de peixes fiz mais uma receita com peixes, para acostumar com o paladar. O filé Saint Peter eu não conhecia. Comprei com receio de que fosse forte como o salmão, mas fiquei surpreso. É bem leve, saboroso e suave. O vendedor havia me dito que ele é bem leve, como a tilápia, e estava certo. Já vi que estou gostando mais de peixes de água doce. Na semana passada comi traíra, que gostei também, e trilha, que detestei, pois tem gosto de camarão. No final de semana que vem vou testar outro.


DIFICULDADE: Fácil
TEMPO DE PREPARO: 45 min.
RENDIMENTO: 2 porções
CUSTO: R$17,00

INGREDIENTES

Para o risoto:

  • 1 xícara de arroz arbóreo
  • 500 mL de caldo de legumes (Dissolver um tablete de caldo de legumes em 1 litro de água) - usar somente 500 mL
  • 150 ml de vinho branco seco
  • 1/4 de xícara de cebolinha picada
  • Raspas de uma abobrinha
  • Azeite
  • Manteiga sem sal
  • 1/2 xícara de queijo parmesão ralado


Para o filé Saint Peter:

  • 2 filés Saint Peter
  • Sal
  • Pimenta do reino em pó
  • Ramos de tomilho
  • Azeite


MODO DE PREPARO

Passo 1: Numa panela colocar o azeite e suar a cebolinha sem fritar.


Passo 2: Adicionar o arroz arbóreo sem lavar (é necessário deixar o arroz sem lavar, pois o amido em sua superfície ajuda a dar a consistência do risoto). Deixar fritar um pouco.

Passo 3: Adicionar o vinho branco seco e deixar cozinhar até secar o vinho.

Passo 4: Adicionar a abobrinha e cerca de 500 ml de caldo de legumes.


Passo 5: Deixar secar o caldo de legumes. Testar a textura do arroz. Caso ainda esteja duro, adicionar mais caldo. Nunca colocar sal, pois o caldo de legumes e o queijo que será adicionado depois podem deixar o risoto muito salgado.
Passo 6: Se a textura do arroz estiver boa, desligue o fogo, adicione o queijo ralado e cerca de 2 colheres de sobremesa de manteiga sem sal. Mexer até derreter a manteiga e o queijo ralado.


PREPARO DOS FILÉS:

Passo 1: Temperar os filés Saint Peter com sal, pimenta do reino em pó e ramos de tomilho a gosto.


Passo 2: Esquentar uma chapa de fritar e adicionar azeite em pequena quantidade (somente para não grudar).

Passo 3: Adicionar os filés, deixar grelhar um lado. Quando estiver bem dourado, virar os filés.

Passo 4: Pegar pratos quentes (deixo no forno alto por 5 minutos). Fazer a apresentação. Montei o risoto num aro, deitei o filé por cima e adicionei uns ramos de tomilho. Quanto mais simples melhor.







19 comentários:

Eu Mulher disse...

Que prato apelativo! Adoro risoto e peixe!!!

Estou viciada em fazer risotos e já anotei a dica de como fazer mais uma receitinha saborosa.


Um abraço

Elisabete disse...

Como sempre uma receita fabulosa e um passo a passo maravilhoso.

Cláudia disse...

Beto, adorei este prato, me deu vontade de ir comprar estes filés e fazer com o risoto de abobrinha exatamente como o seu. Muito legal você estar descobrindo e gostando de peixes, poucas pessoas conseguem romper paradigmas, parabéns.

bjs

Ana Paula disse...

Me deu uma fome agora!!!!
parabééns! todos os pratos são lindos e dá uma vontade de cozinhar mesmo ( e olha que nem sempre faço isso!rs).
beijos

carladuc disse...

Olá,

Queria dizer que acho muito legal sua iniciativa de ampliar o paladar. Muitas vezes a gente decide lá no passado que não gosta de algo e acaba por não tentar de novo.

Eu aprendi a gostar de muita coisa que "não gostava". Claro que em geral sempre tem algo de que não gostamos mesmo, mas vamos sempre tentando.

E queria também agradecer pela receita. Eu que sou grande fã de peixes, já fiquei com vontade de prepará-lo! :)

Abraço,

Sabrina Rocha disse...

Oi Beto! Conheci seu blog ha pouco tempo mas já estou adorando. Parabéns os pratos são lindos e como vc os mostra parecem muito mais fáceis de prepará-los. Só uma dúvida, o risoto não é necessário mexer o tempo todo?
Obrigada
Sabrina

Mari disse...

Beto, querido

Faz um tempão que estou sumida, mas hoje tive um tempinho e consegui vir comentar!! Achei o máximo você estar conseguindo rever seus conceitos, e ter começado a apreciar a carne dos peixes... não é todo mundo que consegue!!
Eu, particularmente, sempre fui apaixonada por peixes, mas assim como você, também acho o salmao um pouco forte demais. Gosto muito de pescada, linguado, cação, e dos peixes de água doce, no geral... Seu peixe, acompanhado desse risoto lindo, parece delicioso!! Com certeza, assim que eu puder, vou reproduzir... adorei!!
Beijo grande,

Mari

Josy Marmello disse...

Parabéns por este blog. Eu acompanhava o Bolos do Beto e deu na telha de entrar nos outros que você escreve.
Você é um incentivo e tanto pros meninos tímidos que adoram cozinha mas têm vergonha de dizer ou mesmo se arriscar.
Beijos!

Paula Pacheco disse...

Que delicia de peixe, adoro isso, o prato ficou saboroso só pelas fotos,
abraços,
Paula

angela disse...

adorei o peixe, o risoto então maravilhoso. bjs

Mari disse...

Passei mal com este peixinho...

Anônimo disse...

Já me disseram que a Tilápia é comercializada como Saint Peter....
Suze.

Marcelle disse...

Está de parabéns pelo blog e claro pelas receitas!
Este é o primeiro que visito e que tem REALMENTE o passo-a-passo da receita!

serei agora sua seguidora.

Adorei!!!

Marcelle Peradeles

Nísia Borges disse...

Nossa! P A R A B É N S S S! ! !
Pelo prato saborozíssimo e pelo capricho na apresentação tanto do prato quanto do blog.
Adorei!!!

Eduardo disse...

Parabéns!! Parece uma ótima receita! Adoro ajudar a minha mulher na cozinha e hoje experimentaremos fazer esta receita! Adoramos peixes e frutos do mar, e realmente me parece bem apetitoso este prato! Bela combinação!!

marcio barbosa disse...

sabor delicado. muito bom

marcio barbosa disse...

ótima receita. sabor agradável.

Thais disse...

Olá, não curto peixe, mas vendo seu post, resolvi tentar hoje mesmo, e que maravilha ... amei e meu marido tbm gostou muito... obrigada.

Ana Paula disse...

Adoroi a ideia da abobrinha no risoto! vou fazer hj.
Obrigada!!