quinta-feira, 21 de abril de 2011

Massa ao Molho de Espinafre e Castanha-do-Brasil / Pasta with Spinach Sauce and Brazil Nut

Cheguei em casa hoje, vindo de São Paulo, e na hora do almoço não queria sair para comer, estava com preguiça. Abri a geladeira e vi um pé de espinafre murchando, esquecido (Ô coitado!!) na gaveta. Como tinha castanhas-do-Brasil, resolvi inventar essa receita. E não é que ficou ótima! Os sabores combinaram perfeitamente, e o prato ficou bem suave. O rendimento foi de uma porção, somente esse prato aí. Não quis que sobrasse, por isso fiz pouco.


Ingredientes:

  • 100 g do macarrão de sua preferência (usei o bavette)
  • 1 xícara (de chá) bem cheia de folhas de espinafre lavadas e escorridas.
  • 1 xícara (de chá) de leite integral
  • ¼ de cebola
  • 3 cravos da índia
  • 1 folha de louro
  • 1 colher (de sobremesa) de manteiga
  • 1 colher (de sobremesa) de farinha de trigo
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 fio de azeite de oliva
  • 1 colher de sopa de castanha-do-Brasil picada


Modo de Preparo:

Passo 1: Para o cozimento do macarrão coloque bastante água para ferver com uma colher de sobremesa de sal e um fio de azeite. Mergulhe o macarrão somente quando a água estiver fervendo. Conte 11 minutos e estará cozido. Enquanto o macarrão cozinha prepare o molho.


Passo 2: Prepare o tempero do molho branco. Espete a folha de louro num pedaço de cebola utilizando os 3 cravos. Isso se chama cebola piquet.


Passo 3: Coloque o leite para ferver, adicionando a cebola piquet.


Passo 4: Quando o leite levantar fervura desligue o fogo e deixe a cebola aí dentro por um minuto. Depois jogue fora a cebola piquet. Ela só serve para aromatizar o molho branco sem deixar pedaços perceptíveis. Reserve o leite fervido.


Passo 5: Comece então o preparo do molho. Numa panela coloque a manteiga e o sal. Acenda o fogo.


Passo 6: A manteiga vai derreter e você deve envolver a farinha nessa manteiga derretida.


Passo 7: Continue aquecendo até a mistura começar a espumar. Utilize o fogo baixo do fogão se for a sua primeira vez.


Passo 8: Adicione um pouco do leite fervido. A mistura vai empelotar assim que você mexer, é normal. Continue mexendo até formar bolotas de farinha firmes.


Passo 9: Adicione mais um pouco de leite e desfaça os grumos. Vá fazendo isso até adicionar todo o leite. Caso achar que ficou muito grosso pode adicionar um pouco de leite frio e continue mexendo até atingir a consistência que você gosta. Eu usei as medidas que descrevo na receita.


Passo 10: Quando o molho branco estiver pronto adicione as folhas de espinafre e mexa até elas murcharem.



Passo 11: Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Se quiser adicionar um pouco de noz moscada e creme de leite, e também queijo ralado fica muito saboroso.




É só servir, colocando a massa por baixo, o creme branco com espinafre por cima e termine jogando a castanha do Brasil sobre todo o prato. Decore com folhas de espinafre cruas.




9 comentários:

Sérgio Gomes disse...

Fantástica esta receita! Muito bom aspecto! Já está guardada!

Um abraço.

Leonel Alvarez Neto disse...

Adicionei seu blog no meu adorei sou chef de co\inha de coração e administrador de profissão.
receitasdochefleon.blogspot.com.

Chopp Kremer disse...

Realmente parece deliciosa! Anotado! :)

Renata disse...

Delícia de prato!
Um charme a decoração...

Anônimo disse...

Olá Beto!
Eu não tenho blog e até conhecer o seu blog achava que era um zero a esquerda.Daí me aventurei a fazer a receita da Carne Louca e foi um sucesso,o que logo me encorajou a tentar outra das suas receitas.Na ousadia fiz a galinhada e vc não tem noção do sucesso que foi aqui em casa.Nota 1.000!!!
Sou sua fã e faço a maior propaganda do seu blog.
Muito obrigada, vc foi a minha luz no fim do túnel, pq achava que não tinha mais futuro na cozinha.
Um beijo no seu Core e que Deus abençoe suas mão mágicas, sua vida e de todos que te cercam.
A próxima receita que irei fazer será o Filet Minhon ao Molho Madeira. :)
Regina.

Anônimo disse...

Mate. Este blog é incrível. Como posso fazer com que pareça tão bom?

saborcomletras disse...

Alcançar a essência dos sabores é entrar em sintonia com lembranças guardadas em arquivos que criamos para preservar nossas memórias mais tenras. O cheiro de quintal lá da infância da gente, o gosto do almoço caprichado aos domingos, as conversas com a mãe à beira do fogão, o café da manhã com pão quentinho, os sonhos partilhados, o cheiro de feijão cozinhando na panela, o aroma de erva colhida na hora, um finalzinho de tarde com encanto. Tudo isso é despertado quando conseguimos reproduzir o sabor de pequeninos gestos tecidos a luz do cotidiano de uma cozinha afetiva.

geralda disse...

perfeito. gratíssima!

Anônimo disse...

Otima receita, mas difetente dos comentarios anteriores, tenho uma critica construtiva e até uma dica. A mistura de Roux (cebola + farinha) só ria empelotar com o leite se tiverem em temperaturas semelhantes. Uma dica pra não empelotar é sempre misturar Roux quente e leite frio ou vice-versa e mexer vigorosamente com um Foué.
Bem, não me leve a mal, só estou tentanto te ajudar.

Parabens pela receita, nunca imaginei colocar espinafre no molho bechamel.