quinta-feira, 28 de junho de 2012

Medalhões de Filet Mignon / Beef Tenderloin Medallions

Esses medalhões de filet mignon foram feitos há bastante tempo atrás e estavam na fila de postagem. Sou fã de bacon e adoro filet mignon, principalmente se eles ficarem bem rosados no meio, quase escorrendo de tão cru. Isso é questão de gosto pessoal e, caso você não goste, é só deixar um pouco mais de tempo fritando ou grelhando, caso não queira fazer na gordura.

Servi sobre fatias de cuscuz paulista que eu tinha feito no dia anterior, e esse acabou sendo o prato principal de um domingo qualquer.

Ingredientes:

  • Uma peça de filet mignon
  • Fatias de bacon compridas (compra-se assim no supermercado)
  • Manteiga clarificada (pode-se utilizar óleo vegetal)
  • Sal
  • Pimenta do reino moída na hora
  • Cheiro verde
  • Azeite de oliva extra-virgem

Modo de Preparo:

Passo 1: Sobre uma tábua de corte ou superfície qualquer abra o rolo de filme plástico. Acomode as fatias de bacon no sentido do plástico.


Passo 2: Sobre o início do bacon, coloque a peça de filet mignon (já tirado o excesso de gordura).





Passo 3: Enrole o filet mignon no bacon, com cuidado, apertando bastante. Quando o início do plástico encontrar o bacon, cuidado para não enrolá-lo no meio do medalhão.





Passo 4: Termine deixando o filme plástico bem aderido no final.

Passo 5: Corte os medalhões na espessura que você quiser, só não corte-os muito finos.
 
Passo 6: Tempere os medalhões com sal e pimenta do reino moída na hora. Reserve-os por uns 5 minutos para pegar sabor.



Passo 7: Faça o azeite de ervas para servir de acompanhamento. Pique bem o cheiro verde.


Passo 8: Adicione bastante azeite de oliva. Reserve.



 Passo 9: Para fritar os medalhões, coloque a manteiga clarificada para derreter. (Vou ensinar como fazer manteiga clarificada num próximo post).



Passo 10: Adicione os medalhões (certifique-se que não está indo nenhum pedaço de filme plástico). Doure dos dois lados.




Sirva com a guarnição de sua escolha. Como eu tinha cuscuz em casa, servi sobre fatias dele e adicionei um pouco do azeite de ervas. Uma delícia.

 





sexta-feira, 15 de junho de 2012

Bolo de banana, chocolate e canela / Banana cake with chocolate and cinammon

Hoje à tarde vi que tinha umas bananas aqui em casa que já iam passar do ponto de comer, então perguntei para a Tânia o que faríamos com elas. Que tal um bolo? Dito e feito, procurei na internet uma receita, e dei as minhas adaptadas. A original foi essa aqui do blog chocorango. O resultado é muito bom, e olha que não sou fã de nenhum doce feito com bananas, prefiro a fruta "in natura". O bolo tem uma massa pesada e uma cara de que não vai dar certo, mas quando sai do forno, levinho, fofinho, é muito apetitoso, vale muito a pena fazer. Fica aqui uma dica para o final de semana.






Ingredientes:

  • 400 g de farinha de trigo
  • 400 g de açúcar
  • 4 ovos 
  • 320 g de chocolate em lascas
  • 100 mL de leite
  • 4 bananas nanicas maduras
  • 100 g de manteiga sem sal
  • 2 colheres de sobremesa de fermento em pó
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de canela em pó  



Modo de Preparo:

Passo 1: Numa batedeira coloque os ovos inteiros e o açúcar. Bata em velocidade média por 8 a 10 minutos até ficar bem fofo.


Passo 2: Desligue a batedeira, adicione a farinha, a manteiga sem sal (em temperatura ambiente) e o leite. Ligue no mínimo e deixe misturar bastante (não tenho foto desse passo). Fica uma massa pesada mesmo, difícil de bater.



Passo 3: Desligue a batedeira, adicione a canela, o sal, o fermento.





Passo 4:  Continue batendo a massa, no mínimo, por uns 3 minutos.



Passo 5: Enquanto a massa bate, amasse as bananas (não é preciso fazer um purê). A banana tem que ficar com pedaços aparentes.



Passo 6: Adicione as bananas amassadas à massa. Bata ligeiramente até misturar. Não bata demais para não destruir os pedaços de banana.



Passo 7: Tire da batedeira, termine de misturar na mão.


Passo 8: Por último adicione as raspas de chocolate. Misture ligeiramente.




Passo 9: Despeje a massa numa forma de 30 cms de diâmetro, untada com bastante manteiga e farinha (somente no fundo). Leve para assar em forno médio (180 graus) até que ao espetar a massa com uma faca esta saia limpa.


Comer esse bolo quente é uma delícia, acompanhado de chá ou café. 






E aqui as embalagens para distribuir o bolo lá no trabalho. Fiz para  aproveitar as bananas que estavam no ponto. 



sábado, 2 de junho de 2012

Ratatouille (Minha versão) / My version of Ratatouille


Eu sempre quis fazer ratatouille. Conheci esse prato durante a faculdade de gastronomia e também ao assistir o filme de mesmo nome, da Disney/Pixar. Todo mundo se lembra daquele ratinho charmoso (Remy) que faz o crítico gastronômico lembrar-se da infância ao saborear o prato.



O ratatouille é uma receita do século XVIII e pode ser servida quente ou fria, como prato único ou como acompanhamento. Um prato rústico, típico da região da Provença em que se notam influências espanholas e italianas. O nome significa «picar, triturar», mas podemos traduzir também como «ragoût de legumes» ou «prato de berinjelas». Necessariamente deve levar berinjelas e tomates. Vocês vão me perguntar: Mas cadê a berinjela no seu prato? É, tenho minha liberdade poética e não coloquei (não gosto muito e não tinha em casa). 

Bom, antes que alguém entre aqui me xingando por ter modificado totalmente a receita, quero apenas dizer que essa é uma versão minha, e eu faço como quiser. rsrsrsr.

 
Ingredientes:

  • 1 xícara de abóbrinha com casca, cortada em cubos
  • 1 xícara de batata doce cortada em cubos
  • 1/2 xícara de cenoura cortada em cubos
  • 1/2 xícara de vagens cortadas em pedaços de 1 cm aproximadamente
  • 1/2 xícara de tomate sem sementes e em cubos
  • 1/2 xícara de  cebola cortada em cubos
  • 1/2 xícara de pimentão amarelo cortado em cubos
  • Sal, pimenta do reino e azeite de oliva a gosto
  • Tomilho e alecrim a gosto.




Modo de preparo:

Passo 1: Misture todos os vegetais numa vasilha grande. Adicione os temperos (exceto o azeite). 




Passo 2: Numa assadeira coloque um fio generoso de azeite.



Passo 3: Adicione os vegetais, cubra com papel alumínio e leve ao forno a 180 graus.






Passo 4: Depois de 35 a 40 minutos retire do forno, descubra o papel alumínio e prove a maciez, principalmente da cenoura e da batata doce. Estando boa o prato está pronto e é só servir.